A pandemia do novo coronavírus (Covid-2019) gerou uma crise no mercado de locação de veículos. Assim como em outros segmentos, as locadoras também viram a demanda cair drasticamente.

Agora é necessário pensar em como sobreviver a esse duro momento. E as reflexões sobre o tema não param de surgir.

Neste artigo, reunimos a opinião de diversos especialistas no assunto. Continue lendo para ver que dicas eles estão dando e como você pode utilizá-las a seu favor!

A crise no mercado de locação de veículos no Brasil

De acordo com a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), existem mais de dez mil empresas de aluguel de carros no Brasil. Cerca de 90% delas são de pequeno a médio porte.

Como acontece em todo o mundo, a crise no mercado de locação de veículos no Brasil é um tema bastante sério. No início de maio, finalmente o governo federal incluiu o setor entre os serviços considerados essenciais, o que é uma boa notícia. 

No entanto, as recomendações de isolamento social aliadas ao medo da contaminação fez com que os brasileiros circulassem menos. 

A queda na demanda de aluguel de veículos é sentida por locadoras em todas as regiões do país. O cenário é bastante desanimador, mas não significa que os empresários desse mercado devam jogar a toalha.

5 dicas para sobreviver à crise no mercado de locação de veículos

Confira, a seguir, nossas dicas para lidar com a crise no mercado de locação de veículos (durante e depois que a pandemia passar).

1. Invista no e-commerce e faça entrega em domicílio

As locadoras de veículos que querem se manter competitivas devem montar sua plataforma de e-commerce para atender a seus clientes o quanto antes. Isso porque as pessoas agora devem priorizar ainda mais o contato mínimo.

Principalmente nos primeiros meses, as pessoas vão preferir contratar serviços e comprar produtos sem precisar ir a uma loja, enfrentar filas, enfim, ter contato.

Da mesma forma, uma boa dica é incrementar o serviço de entrega a domicílio. O ideal é que o cliente faça a reserva via loja virtual e receba o veículo em casa ou na empresa, sem necessidade de deslocamentos. 

2. Forneça frota para as empresas

Para sobreviver, muitas empresas devem se desfazer de ativos considerados custos. Alguns especialistas apostam que a frota de veículos será reduzida consideravelmente nas organizações. 

Eis uma oportunidade para as locadoras de veículos. Aquelas que estiverem preparadas para firmar contratos B2B, poderão atender a nova demanda que deve surgir. 

3. Crie um serviço de assinatura

Os serviços de assinatura de locação ainda não são muito populares no Brasil. Com o pós-pandemia eles podem ser um excelente diferencial competitivo para as locadoras. 

Na prática, o cliente compra um pacote de locação por um período longo. Assim, garante que terá um determinado tipo de veículo para atender suas necessidades. E, de quebra, evita ter que ir à loja para negociar e firmar contrato. Obviamente, para isso é preciso estruturar novos processos. 

→ Leia também: Aluguel de veículos por assinatura: como aproveitar essa tendência em sua locadora

4. Use a higiene para transparecer ainda mais confiança aos clientes

A crise sanitária que estamos vivendo faz da higiene uma necessidade ainda mais flagrante. Se antes era importante higienizar os automóveis, agora é fundamental.

E mais que isso: os clientes precisam ter certeza de que estão locando um veículo livre de contaminação. 

A dica aqui é: crie um protocolo de higienização e o mostre ao mercado. Use esse diferencial em ações de marketing e comunicação. A confiança estabelecida com o cliente fará toda a diferença; você vai ver. 

5. Prepare-se agora para o pós-pandemia

A crise no mercado de locação de veículos, assim como em muitos outros segmentos, é certa. Atravessá-la e ver o horizonte lá na frente é o grande desafio.

Com a demanda em baixa, as locadoras devem aproveitar para organizar a casa. É o momento para refazer o planejamento, estruturar novos planos de ação. Também é o momento para investir na tecnologia, implementá-la e testá-la. 

Como você está lidando com a crise no mercado de locação de veículos? Gostou das nossas dicas? Aprofunde-se mais neste tema; baixe agora o e-book PÓS-PANDEMIA, COMO DRIBLAR A CRISE NAS LOCADORAS DE VEÍCULOS?